Vuelta al Aneto

Pedro Alves termina mais um ultra trail! Foram três provas muito dificeis em França e Espanha onde Pedro provou ser muito regular e consistente.

Desta feita o desafio decorreu em redor do Aneto, o cume mais alto dos Pirinéus com 3404 metros de altitude. Os atletas andaram mais por baixo, mas ultrapassaram alguns colos acima dos 2000 metros de altitude, com o ponto mais alto da prova a situar-se no colo de Ballibierna a 2728 metros de altitude. No total os participantes tinham pela frente 96km de percurso num constante sobe e desce acumulando 5950metros de desnível positivo, para ultrapassar sete vales da cordilheira central dos Pirenéus: Benasque, Ballibierna, Llosas, Llauset, Barrabés, Nere e Artiga de Lin. 

Estiveram presentes quatro madeirenses à partida da “Vuelta al Aneto”, além de Pedro Alves que representou o Clube Aventura da Madeira, partiram Nuno Gonçalves, Sérgio Perdigão e Sidónio Freitas todos do Clube Montanha do Funchal.

No final, Nuno Gonçalves foi o mais rápido entre os madeirenses com 19:03:55 (48º geral/17º Vet1), seguiu-se Pedro Alves com 21:36:26  (92º geral/53º SenM), depois Sérgio Perdigão com 22:11:40 (101º geral/60º SenM) e Sidónio Freitas acabou por não terminar.