«

»

Mai 15

Madeira Island Ultra Trail 2011

O Madeira Island Ultra Trail 2011 decorreu este fim-de-semana, 13 e 14 de Maio, com a participação de 128 atletas, que tiveram pela frente condições climatéricas que colocaram algumas dificuldades extra. O nevoeiro intenso foi mesmo o maior obstáculo, dificultando em algumas situações a visualização da sinalização o que motivou alguns enganos momentâneos.

O desafio proposto pelo Clube de Montanha do Funchal começou às 6h00 da manhã, com a partida do Ultra Trail 100km no centro da vila de Porto Moniz. Ainda sem a luz do dia, 51 atletas partiram para a estreia de um novo percurso que circundava a parte Oeste da ilha. Começar logo a subir para a Santa do Porto Moniz até às proximidades do Pico dos Lamaceiros, para voltar a descer,  cruzar o leito da Ribeira da Janela e subir novamente até ao centro da Freguesia, logo de seguida tomar o caminho da Tranquada em direcção à Ribeira Funda, antes iniciaram a subida para o Fanal (CP1 – 11,5Km), onde tomaram o caminho para o Chão da Ribeira do Seixal. Nova subida até ao Paul, passando pelos Estanquinhos (CP2 – 25KM) a caminho da lagoa do Caramujo, Levada Velha da Ribeira do Inferno e descida até ao sítio da Vargem no Rosário, para voltar a subir até à Encumeada (CP3 – 39Km), cumprindo os primeiros 39km. De seguida, partida para o Lombo do Mouro, Bica da Cana (CP4 – 50km) e atravessar o Paul pela parte Sul até à câmara de carga e descida para o Rabaçal (CP5 – 61km). A aventura continuou em direcção à Achada Grande (CP6 – 75Km), depois a Lombada dos Marinheiros (CP-81Km) foi o destino mais próximo antes do último controlo nas Achadas da Cruz (CP8 – 92Km), para terminar com a levada dos moinhos e nova descida para a vila do Porto Moniz para a chegada aos 100km do Ultra Trail.

Patrick Bohard era o mais credenciado à partida e confirmou desde logo as suas capacidades tomando a dianteira, com o espanhol Manuel Diez na sua perseguição. Um erro de Patrick no trajecto entre os Estanquinhos e o sítio da Vargem fez com que o espanhol passasse para a frente da prova, liderança que voltou a perder a partir do Rabaçal. Após o Rabaçal Patrick Bohard do Team Asics arrancou para vitória final, chegando à meta com 14:06:07, um tempo que o próprio confessou ser mais do que a sua expectativa inicial que rondava as 12h. Manuel Diez (Tierra Tragame) terminou em segundo com 15:00:22, seguido de Ugaitz Agirregomezkorta (Individual) com 15:42:38.

Nos femininos Saioa Ortiz (Montaneros de Aragon) com 18:57:13 foi a primeira mulher a terminar, na 12.ªposição da geral. Completaram o pódio feminino Daniela Marinheiro (Individual) ,21.º lugar absoluto, com 22:17:18 e Analice Silva (Liberdade Atletico Clube) , 39.º da geral, uma atleta nascida em 1943, que se mantém com muita energia, completou os 100km em 25:48:35.

Para além de Pedro Alves, estiveram a representar o Clube Aventura da Madeira no Ultra Trail 100km, José Nunes 25.º , Gonçalo Silva 32.º e Vitor Marques e Edson Pereira que não terminaram a prova.

 A prova revelou-se muito exigente, com desníveis acentuados, troços algo técnicos, e uma grande diversidade de pisos.

O Sol só se mostrou a alguns que nas primeiras horas da tarde atravessaram o Paul, para os restantes foi muito nevoeiro e noite para terminar.

Os últimos atletas do Ultra Trail terminaram muito próximo do tempo limite, a poucos minutos das 8h00 da manhã de Domingo, um dia e quase duas horas depois de terem partido.

A prova de distância média com 57km iniciou-se no cais do Seixal eram 8h00 de Sábado, e tinha para começar uma subida contínua até ao Paul, mais de 1000 metros para aquecer, depois, seguiu-se a travessia do Paul até ao Ovil e entrada no percurso o Trail 10okm. Nesta prova destaque para Leonardo Diogo do Clube Aventura da Madeira, que andou por diversas na frente da corrida, mas alguns erros no seguir o percurso retiraram a possibilidade de vencer. A vitória neste percurso foi para Stephen Shanks (Holme Pierrepont) com 7:19:38, seguido de Leonardo Diogo (Clube Aventura da Madeira) com 7:21:00, e em terceiro ficou Ricardo Gonzales (Vida Trail) com 7:40:11. Nos femininos venceu Janina Schoppe (TrailPunktz) com 10:45:13, em segundo ficou Solveigh Sobiszak (Individual) 11:05:08 e na terceira posição ficou Nadia Meroni, atleta do Clube Aventura da Madeira, com 11:11:20.

Ainda classificaram-se no Trail 55 os seguintes atletas do Clube Aventura da Madeira:

– Emanuel Costa 4.º, Miguel Gonçalves 5.º, João Nunes 7.º; João Mendonça 18.º, Diogo Ladeira 19.º; Mauro Gomes 26.º; João Soares 28.º; Joana Reis 33.º; Marco Sousa 43.º; Adriana Ladeira 44.º

No Trail 25, com início na Achada Grande, venceu Diego Vicenzutto (Club de Montana Ribeira Sac) 2:42:06, Felix Quintero (Celta Cojos) 2:44:11 foi segundo e em terceiro John Hetrick (Rx Running) 2:57:15.

Neste escalão participaram os seguintes atletas do Clube Aventura da Madeira:

– Afonso Freitas 12.º; Ricardo Ladeira 12.º; Carlos Silva 28.º; Susana Silva 30.º

Fotos do evento

Resultados MIUT 2011

Referências MIUT 2011

http://www.generation-trail.com/trail-2011/ultra-trail-de-madere.php

Toda a informação sobre o evento em:

http://www.madeiraultratrail.com/