«

»

Jun 28

Ultra Trail Atlas Toubkal

Próximo dia 1 de Julho, decorrerá em Marrocos a 2ª edição do Ultra Trail Atlas Toubkal (UTAT).

A prova será no maciço montanhoso do Atlas, num circuito á volta do Toubkal que tem como partida e meta na famosa estação de esqui Oukaïmeden (2620 m). O percurso conta com inúmeras passagens acima dos 3000 metros de altitude, sendo o ponto mais lato de passagem o Col Tizi N’Tarharate (3456m) um pouco acima da aldeia Imil, que é o campo base para a ascenção do Toubkal (4167m). Ao longo do percurso, os atletas atravessarão dezenas de aldeia Berberes, autênticas raridades, de uma cultura ancestral bem conservada.

Com iníco ás 5 horas da manhã do dia 1, os atletas então terão que completar os 105km’s com 6500m de desnível positivo acumulado em menos de 40 horas,  num  percurso muito técnico, com um terreno quase sempre irregular e inclinações acentudas.


Os atletas do Clube Aventura da Madeira, Gonçalo Silva e Pedro Alves, irão estar (mais uma vez) juntos á partida desta prova. Esta participação surge essencialmente como preparação para o Tor des Geants nos Alpes Italianos em Setembro, pelo que o objectivo será apenas terminar para dar alguma “rodagem” ás pernas e afinar pormenores de gestão da corrida, nomeadamente alimentação e hidratação, esforço…

Segundo Gonçalo Silva, “Esta prova é o ideal para a nossa preparação para o Tor des Geants, por muito aspectos, começando pela longa exposição á altitude, acima dos 3000, que será sem dúvida a maior dificuldade a encontrar tendo em conta o esforço que vamos estar sujeitos. A tecnicidade do terreno vai ser também relevante, pois trata-se maioritariamente de um terreno muito acidentado com muitas rochas, que diminuirá significativamente o ritmo, mas que nos obrigará a ter um cuidado redobrado para não termos alguma lesão. A alimentação/hidratação terá que ser muito bem gerida também, pois são esperadas temperaturas elevadas (como na Transgrancanaria em 2008, que foi bem difícil) e a distância entre os abastecimentos ainda é relativamente grande e como obrigatório, a organização exige que tenhamos à partida no mínimo 10000 calorias em alimentação e pastilhas de desinfectação de água, para algumas fontes entre os abastecimentos… três elementos estes, que são essenciais afinar a sua gestão para o Tor des Geant, à parte da distância que então será mais que o triplo. O objectivo então, é apenas chegar ao fim  avaliando as nossas condições fisícas e mentais com o aumento da distância e cansaço, e é claro disfrutar das paisagens únicas que vamos ter o privelégio de atravessar.”

VIDEO APRESENTAÇÃO

SITE DA PROVA